11/11/2010

E por falar em Clarice...


A dificuldade de encontrar, para poder exprimir, aquilo que no entanto está ali, dá uma impressão de cegueira. É quando, então, se pede um café. Não é que o café ajude a encontrar a palavra mas representa um ato histérico-libertador, isto é, um ato gratuito que liberta.

(Clarice Lispector, Aprendendo a viver, Ed. Rocco)

FLIPORTO



Começa amanhã a Fliporto 2010. Este ano a homenageada é a escritora Clarice Lispector. A feira vai de 12 a 15 de novembro e mais informações podem ser lidas no site da Feira.


07/10/2010

Futuratec: uma ótima ideia!

Eu já escrevi sobre a Futuratec, mas não consigo deixar de achar fantástica a iniciativa do Canal Futura. Vários programas imperdíveis estão disponíveis online, inclusive as entrevistas com escritores do programa "Umas Palavras". Saiba mais aqui.

04/10/2010

Ferreira Gullar



O Instituto Moreira Salles acaba de lançar em DVD o "Poema Sujo", de Ferreira Gullar, com leitura do poeta. Saiba mais aqui.

14/09/2010

Concurso de Contos


Para aqueles que gostam de escrever ficção a Academia Brasileira de Letras prorrogou o prazo para o concurso de contos até o dia 14 de outubro. Os interessados deverão finalizar de maneira diferente o conto "A Cartomante", de Machado de Assis.


Mais informações no site da ABL.

03/09/2010

Poema para o fim de semana: Manoel de Barros


No descomeço era o verbo.
Só depois é que veio o delíro do verbo.
O delírio do verbo estava no começo, lá onde a
criança diz: Eu escuto a cor dos passarinhos.
A criança não sabe que o verbo escutar não funciona
para cor, mas para som.
Então se a criança muda a função de um verbo, ele
delira.
E pois.
Em poesia que é voz de poeta, que é voz de fazer nascimentos -
O verbo tem que pegar delírio.

(Manoel de Barros, O Livro das Ignorãças, Ed. Record).

31/08/2010

Como iniciar uma redação?

Se todo escritor, vez ou outra, se depara com o famoso "bloqueio", o que dizer do aluno em uma situação de prova? Muitas vezes, o mais difícil é mesmo começar a redação. Após o primeiro parágrafo, parece que as ideias fluem melhor. Então, o que fazer diante da folha em branco?

Para ajudá-los, aqui estão 18 dicas de como inciar um texto.

19/08/2010

Temas de redação do ENEM

Leiam abaixo todos os temas de redação do ENEM até o ano passado:

1998: A redação do Primeiro Enem teve como tema “Viver e Aprender” e teve como base a música “O Que é, O Que é” de Gonzaguinha.

1999: Neste ano, os estudantes tiveram de realizar uma dissertação sobre “Cidadania e a Participação Social”, na redação o aluno deveria ainda escrever uma proposta de ação social.

2000: Na redação deste ano o tema foi ” Os Direitos das Crianças e do Adolescentes”, no texto, o candidato precisava comentar sobre como enfrentar situações em que há desrespeito a infância.

2001: A Redação deste ano tinha como tema “A Preservação Ambiental”, Nesta redação os candidatos precisavam responder a seguinte questão “Como Conciliar os Interesses em Conflito”.

2002: Teve como tema “O direito de votar: como utilizar-se do voto para promover as transformações sociais que o Brasil precisa?”

2003: A dissertação deste ano teve como tema “A violência na sociedade brasileira: como mudar as regras desse jogo?”. Para realizar a redação, os candidatos tinha recebido diversos textos e dados do Brasil sobre investimento em Segurança Pública.

2004: Neste ano, o Tema da redação era sobre o “A Liberdade de Informação e os Abusos dos Meios de Comunicação”

2005: O redação do Enem deste ano tinha como Tema “O Trabalho Infantil”. Para realização da redação foram apresentadas aos candidatos alguns dados sobre o número de crianças que trabalhavam no Brasil.

2006: O Tema foi “O Poder de Transformação da Leitura”. Neste ano o candidato receber diversos textos comentando sobre a importância de ler.

2007: A redação deste ano tinha como tema “A Diversidade Cultural”. Na redação o candidato tinha de refletir de como conviver com as diferenças de crenças, raças, etc.

2008: O Tema foi “A Preservação da Floresta Amazônica”. na redação o candidato tinha de escolher uma das 3 opções oferecidas e analisar os pontos positivos e negativos de cada uma delas. Entre as possibilidades oferecidas para preservação estavam: Suspender o Desmatamento, Dar incentivo financeiro para proprietários deixarem de desmatar e a de Maior fiscalização e aplicação de multas para quem desmatar.

2009: Nesta última redação o tema foi “A Valorização da Terceira Idade”. Na redação o candidato tinha de escrever uma proposta de ação social.

12/08/2010

Capitu - Elephant gun

O Julgamento de Capitu

Em uma das minhas turmas de nono ano (3eme) aconteceu hoje o julgamento de Capitu. A acusação: traição e adultério. O veredito: dez alunos a consideraram culpada, dez a consideraram inocente, e um aluno não conseguiu se decidir. Foi bem legal ver o texto de Machado de Assis criar tanto interesse e polêmica. Curioso também foi ver o Sr. Bento Santiago ser acusado de bipolar, psicopata com tendências a alucinações e ao suicídio, além de potencial homicida (tudo isso justificado com passagens do texto).

Uma pena que tenha terminado o trabalho com esse grande romance que é Dom Casmurro. Agora tenho que esperar até o próximo ano.


20/07/2010

Sobre ler e escrever



Há um livro que considero fundamental para quem deseja escrever bem. Chama-se Redação Inquieta, de Gustavo Bernardo. Vejam o que o autor fala sobre ler e escrever:

"Ler é um movimento extremamente passivo - mas um movimento, porque mexe com as imagens interiores, guardadas, reprimidas, acrescentando-lhes outras e transformando as que o leitor já traz consigo. Escrever, por sua vez, é um movimento extremamente ativo, fazendo imagens, trazendo algumas do fundo e dando-lhes forma, trazendo outras do mundo e modificando-lhes a forma - na direção de um estilo pessoal.

A relação entre escrever e ler, entretanto, vem sendo posta como mecânica, de ligação direta, levando à ideia de que uma pessoa que leia muito necessariamente escreve bem. Isso é falso.

(...)

Ler muito não pode levar a escrever. Pode levar a ler bem - o que será muito importante, claro. Ler bem, por sua vez, pode ajudar a viver, porque o sujeito se informa, se identifica, se transfere, principalmente se anima...

Logo, ler não é a condição para escrever, mas sim munição para viver, e para escrever também. A atitude de ler é metonímia da vontade de entender o mundo. A atitude de escrever, por sua vez, é metonímia da pretensão, legítima e transcendente de transformar o mundo..."

09/07/2010

A Literatura no Cinema


Agradecendo ao amigo Robson Ribeiro pela dica, o Centro Cultural da Caixa apresenta a mostra Literatura no Cinema de 13 a 25 de julho. Saiba mais no site do evento.

08/07/2010

ENEM 2010

As inscrições para o Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM) estão abertas até amanhã, dia 09 de julho. O candidato deverá se inscrever no site do INEP.

04/07/2010

Machado de Assis: Leituras dramatizadas na ABL


A Academia Brasileira de Letras convida para o ciclo de leituras dramatizadas de textos de Machado de Assis. Começa amanhã, dia 5 de julho, às 15h00. Saiba mais no site da ABL.

29/06/2010

Férias: tempo de ler!

Férias...Alguns alunos me pediram sugestões de leitura.

É sempre difícil escolher apenas alguns livros mas, tenho certeza de que a leitura de qualquer um dos textos abaixo tornará suas férias muito mais interessantes.

1. Ana Karenina, Tolstoy. Romance inesquecível.

2. Dom Casmurro, Machado de Assis. Fundamental.

3. Madame Bovary, Flaubert. Idem.

4. Casa de Bonecas, Ibsen. Uma peça de grande impacto.

5. Primeiras Estórias, Guimarães Rosa. Maravilhoso.

6. A Peste, Camus. Excepcional.

7. Brave New World/Admirável Mundo Novo, Aldous Huxley. Até hoje um dos meus livros favoritos.

8. Never Let me Go/Não me Abandone Jamais. Kazuo Ishiguro. Sou fã incondicional do Kazuo Ishiguro.

9. O Vendedor de Passados. José Eduardo Agualusa. Escritor angolano contemporâneo.

10. O Filho Eterno. Cristóvão Tezza. Excelente livro.

Claro que a lista acima é falha. Há tantos outros livros que merecem ser lidos e relidos (Qualquer um de Jane Austen, qualquer um de Clarice Lispector... ) que selecionar apenas alguns torna-se uma tarefa fadada à críticas. De qualquer modo, desejo a vocês boa leitura e ótimas férias.









19/06/2010

José Saramago: a arte de contar histórias

Acho que na sociedade actual nos falta filosofia. Filosofia como espaço, lugar, método de refexão, que pode não ter um objectivo determinado, como a ciência, que avança para satisfazer objectivos. Falta-nos reflexão, pensar, precisamos do trabalho de pensar, e parece-me que, sem ideias, nao vamos a parte nenhuma.

José Saramago - Revista do Expresso, Portugal (entrevista), 11 de Outubro de 2008



O primeiro livro que li de José Saramago foi Memorial do Convento. O impacto foi grande. Já nos anos 80, ele era ao mesmo tempo um escritor contemporâneo e clássico. Depois vieram os outros livros e aquela sensação de estar diante de um grande contador de histórias que tive ao ler Memorial do Convento se renovou a cada um dos seus romances posteriores.

Quem desejar conhecer melhor esse grande escritor, além de ler os seus romances e textos, pode visitar o site da Fundação José Saramago.

Você também pode asssitir a um programa da Globo Vídeos sobre Saramago aqui.






08/06/2010

O Romance do Século XIX

Para os alunos da première que estão estudando o romance realista e o século XIX. Um trecho da série baseada no livro de Elizabeth Gaskell "Norte e Sul".
video

02/06/2010

Jane Austen: Evento JASBRA

Convido a todos para o evento organizado pela JASBRA (Jane Austen Sociedade do Brasil) cujo II Encontro Nacional será nos dias 04 e 05 de junho no Casarão Austregésilo de Athayde, Rua Cosme Velho 599.

O tema do encontro é "Quando a Regência encontra o Império". E eu farei uma breve palestra sobre Jane Austen e Machado de Assis. Quem quiser saber mais a respeito do encontro ou de Jane Austen visite o site da JASBRA.




11/05/2010

Futura no Ar!

Agora a videoteca do canal Futura está disponível para baixar, ver ou rever. Inclusive, a série sobre literatura, leitura e linguagem "Umas Palavras". Que bom!

01/05/2010

CAMÕES: Os Lusíadas

Para relembrar o classicismo, entender um pouco melhor Camões e o grande poema épico da língua portuguesa: Os Lusíadas, aqui está uma série bem documentada produzida pela RTP.

26/04/2010

Romantismo: A segunda geração







Para os alunos da Première que iniciam o estudo da segunda geração do Romantismo encontrei este video. Foi feito por alunos de uma escola em SP e, como achei interessante, repasso a vocês.

13/04/2010

Barroco: Música e Pintura



Este post é para os alunos da Terminale (3o. ano do Ensino Médio) que estão revendo o período Barroco.

O grande nome na música barroca é, sem dúvida alguma, Johann Sebastian Bach. Mas limitar Bach ao período barroco é praticamente uma... heresia. Para muitos, ele é o grande nome da música, ponto final. Vejam (e ouçam!) o vídeo do inigualável pianista Glenn Gould tocando O Cravo Bem Temperado aqui.

E na pintura? Vários nomes. Mas dois renomados pintores desta época são Michelangelo Merisi da Caravaggio e Rembrandt. Há também Vermeer. Que ficou mais conhecido pelo grande público através do filme "A moça com brinco de pérola". Veja o trailer abaixo.

Bom estudo!


video

12/04/2010

ABL convida: Uma Literatura Polifônica


A Academia Brasileira de Letras inicia no dia 20 de abril o ciclo de conferências denominado "Uma Literatura Polifônica". Serão debatidos temas como "As matrizes portuguesas" (Cleonice Berardinelli), "Vozes indígenas e sua reverberação" (Alberto Mussa), "Vozes da imigração judaica" (Berta Waldman) e "Entidades nacionais brasileiras: Peri, Policarpo Quaresma e Macunaíma" (Leyla Perrone-Moisés) entre outros. O evento é gratuito e aberto a todos. Saiba mais aqui.

08/04/2010

UERJ abre inscrições para exame de classificação 2011


As inscrições para o primeiro exame de classificação da UERJ (2011) já estão abertas e vão até o dia 30 deste mês. Fiquem atentos.

17/03/2010

Poemúsica: Augusto de Campos, Cid Campos e Adriana Calcanhotto


Um evento imperdível que une a poesia à música no Instituto Moreira Salles. Será no dia 30 de março às 20h00. Distribuição de senhas 90 minutos antes do evento.


12/03/2010

Ao longo do Tejo com Alberto Caeiro

Para os alunos da turma Terminale Spécialité que acabaram de ler este poema de Fernando Pessoa, um vídeo bonito e pleno de poesia que pesquei aqui.

video

    O Tejo é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia,
    Mas o Tejo não é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia
    Porque o Tejo não é o rio que corre pela minha aldeia.

    O Tejo tem grandes navios
    E navega nele ainda,
    Para aqueles que veem em tudo o que lá não está,
    A memória das naus.
    O Tejo desce de Espanha
    E o Tejo entra no mar em Portugal.
    Toda a gente sabe isso.
    Mas poucos sabem qual é o rio da minha aldeia
    E para onde ele vai
    E donde ele vem.
    E por isso porque pertence a menos gente,
    É mais livre e maior o rio da minha aldeia.

    Pelo Tejo vai-se para o Mundo.
    Para além do Tejo há a América
    E a fortuna daqueles que a encontram.
    Ninguém nunca pensou no que há para além
    Do rio da minha aldeia.

    O rio da minha aldeia não faz pensar em nada.
    Quem está ao pé dele está só ao pé dele.

    Alberto Caeiro

05/03/2010

João Cabral de Melo Neto: Um poema por dia - Mostra no RJ



"Um galo sozinho não tece uma manhã:
ele precisará sempre de outros galos..."

Com esses versos, inicia-se o belo poema "Tecendo a manhã". Quem quiser conhecer melhor este grande poeta há uma imperdível mostra dedicada a João Cabral de Melo Neto no Centro Cultural da Justiça Eleitoral (Rua Primeiro de Março, 42 - Centro, RJ).

04/03/2010

80 anos de Ferreira Gullar

A poesia é uma história do mundo que não está registrada, são pequenos momentos da história humana. Então eu conto aquilo. O pior é que é impossível contar. Como traduzir perfume em palavras? O poema não é a tradução do perfume, mas a criação de um artefato que pretende transmitir para outro a experiência que senti ali. Trata-se de uma grande confusão. A verdade da poesia é o que comove, não o que se comprova.
(Ferreira Gullar, entrevista ao Jornal do Brasil em 2005)

Ainda estou sob os efeitos do sarau lítero-musical de ontem. A Casa do Saber comemorou os 80 anos de Ferreira Gullar com a presença do poeta, da cantora Adriana Calcanhotto e do professor Antonio Carlos Secchin. Foi inesquecível ouvir o poeta lendo e contando histórias sobre os seus poemas e também ouvir a Adriana cantando alguns poemas de Gullar, como Traduzir-se, por exemplo.


video

03/03/2010

Evento sobre a Leitura - PUC-RJ

Clique sobre o poster para ler sobre o evento.

02/03/2010

José de Alencar



Para a minha turma de segundo ano que está iniciando agora os estudos sobre o Romantismo. Aqui está um vídeo sobre José de Alencar.

26/02/2010

Eucanaã Ferraz

Já que estamos falando sobre poesia, aqui está uma excelente entrevista com o poeta Eucanaã Ferraz:

video

22/02/2010

O que é poesia?


Nesta quinta-feira, dia 25 de fevereiro, lançamento do livro O que é poesia? Com o depoimento de vários poetas a respeito do assunto.
Leia sobre o evento aqui.

04/02/2010

Lista de Livros









Listas são sempre listas. Sempre fica faltando alguém ou algum item. Listas de livros então nem se fala. Toco no assunto porque a FUVEST (USP/UNICAMP) divulgou a sua lista de leitura obrigatória para os próximos 3 anos. Aqui no Rio de Janeiro, as universidades não costumam divulgar essas listas mas a lista da FUVEST costuma influenciar a leitura mínima exigida por outras instituições.

01/02/2010

Volta às aulas, Internet e a Leitura



A volta às aulas sempre foi um momento feliz para mim. Gostava do primeiro dia de aula. E ainda gosto. Embora, a minha expectativa seja diferente da que tinha quando aluna.

E com o início do ano letivo, volto às minhas reflexões sobre a leitura e a escrita. Dia desses, conversando com um colega, dizia que a internet, entre outros fatores, mudou a maneira dos alunos lerem. A rapidez, a possibilidade de hiperlinks, a informação mais acessível mudou a relação do leitor com o texto. Mas noto que a do autor com a sua produção escrita também mudou. Em janeiro, li vários autores contemporâneos, e notei que tinham em comum, por exemplo, a agilidade do texto, a presença de capítulos curtos e irregulares (não é novidade, mas praticamente todos os romances que li têm capítulos curtos), a questão do narrador (também vários romances narrados por vozes múltiplas), o ir e vir do tempo (passado e presente se mesclam)...

E a redação escolar? Até que ponto o acesso à internet mudou (ou mudará) a redação escolar? E até que ponto, a Leitura com L maiúsculo pode (ou deve) ser modificada? Continuo refletindo...

02/01/2010

Os livros digitais substituirão os livros de papel?

Essa é a discussão do momento nos meios literários. O programa Espaço Aberto Literatura de ontem foi sobre o assunto.


01/01/2010

A Leitura e os Livros Eletrônicos

Tenho lido e refletido a respeito dos chamados livros eletrônicos, e de como a leitura será afetada por eles. Ainda estou organizando algumas ideias sobre o assunto, mas penso que eles afetarão menos a leitura do que o mercado editorial.

Como vantagem dos livros eletrônicos sobre os impressos, as pessoas costumam citar a quantidade de livros a que podemos ter acesso. Eu, que tenho na minha cabeceira inúmeros volumes para ler, não acredito que a quantidade de livros, revistas ou jornais signifique necessariamente uma vantagem. Mas, esse é um assunto novo e complexo. Preciso refletir um pouco mais.

A Revista Galileu testou o Kindle. Veja aqui algumas conclusões do teste.

Leia uma reportagem sobre os livros flexíveis.