04/03/2010

80 anos de Ferreira Gullar

A poesia é uma história do mundo que não está registrada, são pequenos momentos da história humana. Então eu conto aquilo. O pior é que é impossível contar. Como traduzir perfume em palavras? O poema não é a tradução do perfume, mas a criação de um artefato que pretende transmitir para outro a experiência que senti ali. Trata-se de uma grande confusão. A verdade da poesia é o que comove, não o que se comprova.
(Ferreira Gullar, entrevista ao Jornal do Brasil em 2005)

Ainda estou sob os efeitos do sarau lítero-musical de ontem. A Casa do Saber comemorou os 80 anos de Ferreira Gullar com a presença do poeta, da cantora Adriana Calcanhotto e do professor Antonio Carlos Secchin. Foi inesquecível ouvir o poeta lendo e contando histórias sobre os seus poemas e também ouvir a Adriana cantando alguns poemas de Gullar, como Traduzir-se, por exemplo.


video

Nenhum comentário: